O Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD), promoveu na última sexta-feira (9), mais solenidade de formatura de 488 alunos atendidos pelo programa.  Em clima de desconcentração e festa, a solenidade, que ocorrera nas dependências do Ginásio Poliesportivo Giovana de Azevedo Targino, contou com apresentações culturais, brincadeiras, bem como com a presença de pais e familiares dos formandos.

Implantado no Brasil há 32 anos, o Rio Grande do Norte teve o programa institucionalizado com a criação da Companhia Independente de Prevenção ao Uso de Drogas – CIPRED, no ano de 2008, desenvolvendo atividades sociais, preventivas e educativas dentro e fora das salas de aula.

Durante a solenidade, a Coronel PM Genilton Tavares, comandante do 8º BPM, explicou a atuação do programa, pontuando, oportunamente, o seu alcance social visando, acima de tudo, operações e ações de prevenção que visam, de forma proativa, a busca e a proximidade junto às comunidades escolares, colaborando com o desenvolvimento seguro e responsável de crianças e adolescentes”, pontuou Tavares.

Pedagogicamente estruturado em lições ministradas obrigatoriamente por um policial militar fardado, o PROERD propicia um forte elo na comunidade escolar em que atua, fortalecendo uma tríplice aliança entre: Polícia Militar, Escola e Família. Ministrado nas escolas com os alunos do 5º ano fundamental, o programa tem como objetivo transmitir uma mensagem de valorização à vida.

Com atuação em escolas públicas municipais e estaduais, a solenidade de formatura contou com a participação de agentes das duas esferas, tais quais; secretários municipais e representantes do Governo do Estado. Com coordenação regional do 8º BPM, à nível local, o programa é comandado, dentre outros, pelo cabo Lira Júnior e do soldado Júlio César.

image_pdfimage_print