Fruto de tantas e quantas promessas em palanques, bem como vítima de abandono por gestores municipais, o que caracteriza o mais completo descaso com os recursos públicos, a construção do Estádio Municipal de Futebol será retomada. O reinício da construção foi determinado pelo prefeito Targino Pereira, durante visita técnica realizada a inacabada e tão “aspirada” obra. Com recursos destinados da ordem de pouco mais de 500 mil, dos quais, boa parte já gastos por gestões outrora, a edificação será retomada após anos de esquecimento e em apenas 6 meses da atual gestão municipal.

Planejadamente, a Secretaria Municipal de Infraestrutura iniciou todo um trabalho de readequação do referido projeto de construção, que será posteriormente apresentado a Caixa Econômica Federal para sua devida aprovação. “A partir de agora, nosso trabalho será o de readequar o projeto do estádio para que assim possamos apresentá-lo a caixa Econômica para aprovação. Por determinação do nosso gestor, passamos a trabalhar com uma previsão otimista de entregarmos o estádio concluído no menor espaço de tempo”, pontuou a secretária Marília Nóbrega.

Supervisionando tudo de perto, o prefeito Targino Pereira classifica o reinício da construção do estádio como o resgate do futebol de campo no município, bem como o resgate da confiabilidade da população por meio de uma ação que até então era desacreditada por todos. “A prefeitura estava em descrédito ao longo desses últimos anos com os desportistas, mas nossa gestão vem mostrar que sim, que é possível resgatar essa credibilidade perante todos e botar esse estádio para funcionar de uma vez por todas”, assegurou o prefeito Targino Pereira. 

image_pdfimage_print