Para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que transmite dengue, Zika vírus e chikungunya, a Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde, iniciou a aplicação de inseticida por meio do carro fumacê, por toda a cidade. A ação da SMS conta, primordialmente, com a participação dos munícipes, que por orientação da pasta abrem portas e janelas, para que o inseticida pulverizado possa circular dentro das casas e assim eliminar o maior número possível de mosquitos.

Para eliminar a presença do vetor, ACEs, Bombeiros Civis e ACS, perfazem uma jornada de trabalho de cerca de 8h diárias, em escala que se inicia ainda no “raiá” do dia, por volta das 04h da manhã, com a presença do carro fumacê pelas ruas cidade. Além de todo o esforço dos agentes na observância da eliminação de possíveis focos do mosquito, o combate conta também com a realização de mutirões nas zonas urbana e rural, realizado pela Secretaria de obras e serviços urbanos, que vem coletando lixos e possíveis objetos que possam acumular água.
 
Fique por dentro:
 
Dengue
O que é Dengue?
A dengue é uma doença viral transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. No Brasil, foi identificada pela primeira vez em 1986. Estima-se que 50 milhões de infecções por dengue ocorram anualmente no mundo.
 
CHIKUNGUNYA
O que é o Chikungunya?
A Febre Chikungunya é uma doença transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. No Brasil, a circulação do vírus foi identificada pela primeira vez em 2014. Chikungunya significa “aqueles que se dobram” em swahili, um dos idiomas da Tanzânia. Refere-se à aparência curvada dos pacientes que foram atendidos na primeira epidemia documentada, na Tanzânia, localizada no leste da África, entre 1952 e 1953.
 
ZIKA
O que é o Zika?
O Zika é um vírus transmitido pelo Aedes aegypti e identificado pela primeira vez no Brasil em abril de 2015. O vírus Zika recebeu a mesma denominação do local de origem de sua identificação em 1947, após detecção em macacos sentinelas para monitoramento da febre amarela, na floresta Zika, em Uganda.

image_pdfimage_print