Prefeito conveniará para que Proerd volte a ser implantado nas escolas do município

O prefeito Targino Pereira acompanhado dos secretários Rogério Felipe (educação), Daniel Fonseca (esportes) e do assessor Ricardo Melo, se reuniu nesta quarta-feira (11), em seu gabinete, com representantes do 8º BPM de Nova Cruz (cabo Lira Júnior e soldado Júlio César) para tratar sobre o novo convênio com o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) a ser retomado nas escolas municipais. Ministrado nas escolas com os alunos do 5º ano fundamental, o programa tem como objetivo transmitir uma mensagem de valorização à vida, e mostrar a importância de manter-se longe das drogas e da violência.

Pedagogicamente estruturado em lições ministradas obrigatoriamente por um policial militar fardado, que além da sua presença física em sala de aula como educador social, o PROERD propicia um forte elo na comunidade escolar em que atua, fortalecendo uma tríplice aliança entre: Polícia Militar, Escola e Família. Para aplicação  do programa, os policiais militares são treinados e preparados para desenvolver o lúdico por meio de uma metodologia especialmente voltada para as crianças e adolescentes. O programa oferece uma variedade de atividades interativas e projetadas para estimular os estudantes a resolverem os principais problemas na fase em que se encontram vivendo.

Com duração entre quatro e seis meses de curso, o programa conta com 4 instrutores em Nova Cruz, além de contar com supervisão direta do Tenente Coronel Genilton Tavares, atual comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar. Após o curso, as crianças recebem o certificado PROERD, e na ocasião prestam o compromisso de se manterem afastados e longe das drogas e da violência. Com oferta para formandos com idade entre 9 e 12 anos, em Nova Cruz, o PROERD já foi ministrado pedagogicamente para cerca de 4 mil alunos.